Genealogia Paulistana

Luiz Gonzaga da Silva Leme (1852-1919)

Vol IX - Pág. 208 a 218


Adenda Geral

(Volumes 7 e 8)


Pág. 208

Volume 7.º

Pág. 39 - o n.º 5-7 Martinho da Silva Prado faleceu solteiro. Acrescente-se o último f.º omitido:

5-8 Capitão-mor Eleuterio da Silva Prado, que casou em 1800 em. S. Paulo com Anna Vicencia, viúva do capitão Antonio da Silva Prado; segue o mais como está escrito. Pág. 44 - acrescente-se aos f.ºs de 7-1 dr. Rodrigo Antonio Monteiro de Barros a f.ª: 8-11 Hermantina, em Corumbá, foi casada com dr. Timotheo Pereira da Rosa, teve a f.ª: 9-1 Edith. Pág. 45 - nota (1)

Pág. 45 - o n.º 8-1 Maria, f.ª de 7-2, casou com o dr. João Pinto Machado Portella, tem 3 f.ºs:

9-1 Antonio Augusto

9-2 Manoel do Nascimento

9-3 Maria Izabel

Pág. 45 - o n.º 8-2 Vicente de Paula, casado com Joanna Rabello Monteiro de Barros, tem 2 f.ªs:

____________________

(1) O visconde de Congonhas teve, além do irmão capitão Manoel José Monteiro mencionado, mais os seguintes:

2.º Dr. Matheus Herculano Monteiro da Cunha Mattos, tesoureiro e deputado da junta da fazenda real em Minas, intendente do ouro, procurador da coroa e fazenda real em 1819; foi casado com Maria Custodia Nogueira da Gama, irmã do marquês de Baependi, V. 6.º pág. 368, aí a geração.

3.º João Gualberto Monteiro de Barros, engenheiro mineralógico, casou com Anna da Fonseca. Com geração.

4.º Coronel Romualdo José Monteiro de Barros, barão de Paraopeba, cavaleiro professo da ordem de Cristo, membro do 2.º governo provisório de Minas, membro do governo de 1825 a 1833, presidente de Minas em 1850, senhor de rica lavra mineral em Congonhas do Campo; casou com Francisca Constança Leocadia da Fonseca.

5.º Coronel José Joaquim Monteiro de Barros, comendador da ordem de Cristo, muito prático em mineração, foi nomeado em 1809 para examinar terrenos auríferos no Rio Grande do Sul; casou com sua sobrinha Maria do Carmo Monteiro de Castro, f.ª do coronel Domiciano Ferreira de Sá e Castro e de Maria do Carmo Monteiro de Barros n.º 7 adiante.

6.º Cônego Marcos Antonio Monteiro de Barros, formado em direito canônico em Coimbra, foi arcediago, vigário geral da diocese de Mariana, cavaleiro professo da ordem de Cristo, membro do conselho do governo de Minas de 1825 a 1829, senador do império por Minas; faleceu em 1852 em avançada idade.

7.º Maria do Carmo Monteiro de Barros casou com seu primo o coronel Domiciano Ferreira de Sá e Castro. Com geração.

Pág. 209

9-1 Maria Theresa

9-2 Maria Lucia

Pág. 45 - o n.º 8-3 Cecília Rita, casada com o conde de Lègge, reside em seu castelo na Bretanha, com um f.º: 9-1 Roger Pág. 45 - o n.º 8-4 Carlos Augusto Monteiro de Barros tem 2 f.ºs: 9-1 Antonio Augusto

9-2 Maria Eugenia

Pág. 45 - o n.º 7-4 tenente-coronel Ignacio Gabriel Monteiro de Barros deixou os 8 f.ºs: 8-1 Sebastião

8-2 Pedro foi casado com Guilhermina Moraes.

8-3 Ignacio, casado com a viúva do n.º 8-2 retro, com 1 f.º menor.

8-4 Fabio, solteiro.

8-5 Maria da Luz, casada com o dr. Adolfo Julio da Silva Mello, juiz de direito de Santa Cruz das Palmeiras, com geração.

8-6 Maria da Penha, casada com o dr. José Dias Martins, médico, diretor da escola de agronomia de Piracicaba em 1905, com geração.

8-7 Antonia, viúva de Armando Pontes, com geração.

8-8 Maria José, solteira.

Pág. 45 - na 2.ª linha de 7-7, Maria Eugenia Monteiro de Barros foi agraciada pela Santa Sé com o titulo de condessa de Barros pelos grandes serviços prestados à causa da religião; reside em Paris, bem como as suas filhas adiante descritas.

Pág. 46 - no alto da pág., o n.º 8-1 Cecília Monteiro de Barros, casada com o barão Alfredo de Nioac, f.º dos viscondes de Nioac, tem 3 f.ºs:

9-1 Carlos Eduardo

9-2 Gaston

9-3 Roberto

Pág. 46 - o n.º 8-2 Eugenia Monteiro de Barros casou com o conde Alberto de Nioac, irmão do barão Alfredo do n.º 8-1 retro, tem 2 f.ªs: 9-1 Maria Izabel

9-2 Maria Cecília

Pág. 46 - o n.º 8-3 Conde Carlos Monteiro de Barros em Menton, foi casado com Olga, f.ª dos viscondes do Rio Negro, e teve: 9-1 Alice Maria. Pág. 46 - o n.º 8-4 Elisa casada com o visconde de La Tour, diplomata francês, tem: 9-1 Beatriz

9-2 Xavier

9-3 Solange

Pág. 210

Pág. 46 - o n.º 8-5 Maria da Luz, casada com o visconde de Montbron, oficial do exército francês, tem:

9-1 Martha Cecília. Pág. 47 - na linha 9.ª, o n.º 8-1 dr. Antonio de Castro Prado casou com Albertina (e não Vicentina), com geração à pág. 194 deste.

Pág. 74 - o n.º 6-4 Anna de Moraes de Camargo teve mais:

7-4 Fernando, que casou com sua prima Anna, f.ª do capitão Anastacio de Moraes Camargo, pág. 76. Teve: 8-1 Catharina

8-2 Maria Antonia, casada com Antonio Lucas.

8-3 Anna, casada com Ignacio de tal.

8-4 Fernando

8-5 Americo

7-5 Joaquim Manoel Machado

7-6 José Manoel Machado casou no Rio Grande do Sul com Izabel.

Pág. 77 - o n.º 6-7 Capitão Anastacio teve mais: 7-2 Anna, que casou com seu primo Fernando supra mencionado. Pág. 117 - o n.º 10-2 Mucio Ferreira teve mais: 11-3 Oscar

11-4 Alberto

11-5 Mucio

11-6 Antonio Candido

Pág. 118 - descendência de 10-3 Elfrida Ferreira elimine-se 11-4 e 11-5.

Pág. 118 - o n.º 10-4 de 9-1 é Zulma e não Zulmira.

Pág. 118 - na descendência de 9-1 dr. José Mathias, acrescente-se:

10-5 Maria Clara de Abreu, casada no Paraná com o comendador Manoel do Rosario Corrêa, capitalista em Paranaguá. Teve: 11-1 Joaquina Corrêa, casada 1.º com Arthur de Siqueira Pereira Alves e 2.ª vez com ...

11-2 Sylvia Corrêa foi casada com Olavo Corrêa, com geração.

10-6 Porcia de Abreu Guimarães, casada com o major Claro Americo Guimarães, com geração à pág. 190 deste.
Pág. 118 - o n.º 10-1 de 9-4 Coronel dr. Alberto Ferreira de Abreu tem: 11-1 Altevir

11-2 Alberto

11-3 Marietta

11-4 Celio

11-5 Edith

11-6 Maria

Pág. 211

Pág. 118 - o n.º 10-2 Dr. Candido Ferreira de Abreu, tem:

11-1 Zaira Pág. 118 - o n.º 10-8 Maria (Clara) de Abreu Leão casada com Agostinho (Ermelindo) de Leão, teve: 11-1 Agostinho

11-2 Agostinho

11-3 Dolores

11-4 Agilio

11-5 Ivo

11-6 Ruy

11-7 Maria Clara

11-8 Mario

Pág. 130 - o n.º 5-10 Rufina de Moraes casou em 1759 em S. Paulo com João Paes Rodrigues, f.º de Francisco Rodrigues Barbosa e de Joanna Damascena. V. 8.º pág. 246.

Pág. 141 - o n.º 8-3 Manoel Antonio de Moraes teve mais:

9-2 José Francisco de Moraes, residente em Santos, casado com Emilia Corvello de Moraes, f.ª de João Corvello e de Luzia da Conceição Corvello, n. p. de Francisco Gonçalves Franco e de Umbelina Rosa de Carvalho, n. m. de João Carvalho de Avila e de Maria Violante Coelho, naturais da Ilha Terceira, cidade de Angra do Heroísmo. Tem, nascidos em Santos: 10-1 Julietta de Moraes, casada com Angelo Ferraz de Andrade.

10-2 Nancy de Moraes, casada com Arthur Eddowes, natural de Inglaterra.

10-3 Emilia de Moraes, casada com o capitão João Ignacio Garcia Lucas.

10-4 Alberto de Moraes.

10-5 José Francisco de Moraes Junior

10-6 Mario de Moraes

10-7 Revd.mo Padre Gastão de Moraes.

9-3 Joaquim Militão de Moraes.

9-4 Manoel Antonio de Moraes.

9-5 Anna Celestina de Moraes, casada com Sebastião Floriano de Camargo.

Pág. 163 - o n.º 6-2 Francisco da Rocha Campos casou 1.º com Maria Fernandes e 2.ª vez em 1746 em Santo Amaro com Escholastica de Mendonça, f.ª de João de Mendonça e de Theodora Nardy, V. 8.º pág. 453.

Pág. 235 - o n.º 7-1 João (Rodrigues) de Aguiar teve os f.ºs:

Pág. 212

8-1 José Pereira de Aguiar , que foi casado com Gertrudes Leite de Mello, f.ª de Mathias de Mello Botelho do V. 4.º pág. 160.

8-2 Joaquim Pereira de Aguiar, casado em 1830 em Porto Feliz com Gertrudes Leite de Mello, viúva de 8-1 retro.

8-3 Gertrudes Pereira, casada em 1832 em Porto Feliz com Luiz Antonio Soares, f.º de Boaventura Antonio Soares e de Anna Soares de Siqueira. V. 3.º pág. 487.

8-4 João Ponce de Aguiar

8-5 Antonio Pereira de Aguiar, último f.º de 7-1.

Elimine-se o n.º 8-5 da pág. 235.

Pág. 312 - aos f.ºs de Lourenço Ribeiro de Siqueira n.º 4-4 acrescente-se: 5-3 Padre Joaquim de Araujo. Pág. 325 - no n.º 3-5, a mulher foi Rosa Maria da Silva e não Maria da Silva.

Pág. 392 - o n.º 4-1 Servando José Pereira teve:

5-1 Servando José Pereira de Almada

5-2 Antonio Pereira Leite .

5-3 Francisco Pereira Leite foi casado e teve:

6-1 Carlos Pereira Leite 5-4 Roldão Pereira Leite solteiro.

5-5 Candida Pereira Leite, casada com geração.

5-6 Maria Pereira Leite, falecida.

5-7 Rita Pereira Leite, falecida.

5-8 Anna Pereira Leite, falecida.

Pág. 448 - o n.º 6-6 João Francisco de Oliveira teve mais: 7-4 José Francisco de Oliveira, casado em 1798 na Cotia com Maria Rosa. f.ª de Ignacio Dias Vieira, V. 8.º pág. 185. Pág. 448 - o n.º 5-4 Rosa Rodrigues casou 2.ª vez em 1772 em Mogi das Cruzes com Marcellino Pinheiro Cardoso, V. 8.º pág. 345.

Pág. 535 - o n.º 8-1 Ajudante José Ferreira Braga teve mais:

9-2 Adelia Ferreira Braga, que casou com José Martins Siqueira, f.º de Joaquim Miguel Martins de Siqueira e de Anna Candida de Santa Anna, V. 3.º pág. 226, onde foi omitido o f.° José Martins de Siqueira, com geração à pág. 124 deste.

9-3 Francisca Ferreira Braga casada com major Hyppolito Nogueira Alves Porto, no V. 3.º pág. 175, com geração à pág. 123 deste.
 
 

Volume 8.º

Pág. 21 - o n.º 6-7 Gertrudes Maria Blanco teve q. d.:

7-1 Alferes Carlos Paes da Costa, com testamento em 1813, foi 1.º casado com Gertrudes Maria da Conceição e 2.ª vez com Anna Euphrasia de Oliveira. Teve somente da 1.ª:
Pág. 213
8-1 Antonio

8-2 Maria.

Pág. 23 - no n.º 5-1 a 1.ª mulher Anna Alvares foi f.ª de Antão Alvares de Escudero e de Anna Luiz. V. 5.º pág. 400.

Pág. 41 - o n.º 6-1 de 5-6 Anna Izabel Pinheiro foi também casada (segundo informações) com Manoel Francisco da Silva Gusmão, com geração.

Pág. 41 - o n.º 5-6 Domingos Ferreira da Silva teve mais os 8 f.ºs seguintes:

6-3 Gertrudes Pinheiro de Rezende casou com Estevão José Alvares, natural de Portugal, e teve: 7-1 Lourenço José Alves, solteiro, era cavaleiro da ordem de Cristo e foi da guarda de honra de d. Pedro I.

7-2 Francisca Pinheiro de Rezende, solteira.

6-4 Marianna Ferreira do Espirito Santo foi casada com o sargento-mor Ignacio de Araujo Ferraz, rico negociante em Ubatuba, e teve q. d.: 7-1 Francisco Ignacio de Araujo Ferraz, comendador da ordem da Rosa e barão de Araujo Ferraz, foi diretor do Banco do Brasil e era comissário no Rio de Janeiro; foi casado com sua sobrinha Francisca Belmira de França, baronesa de Araujo Ferraz, em 1905 no Rio de Janeiro, f.ª de 7-2 seguinte.

7-2 Maria Joaquina Ferreira França, casada com José Belmiro de França, natural de Parati, tem os filhos seguintes nascidos em Ubatuba:

8-1 Maria Belmira de França Monteiro, viscondessa do Tremembé, casada com o visconde do mesmo título José Francisco Monteiro, sem geração.

8-2 Francisca Belmira de França Ferraz, casada com seu tio o barão de Araujo Ferraz n.º 7-1.

8-3 José Belmiro de França Filho, solteiro.

8-4 Francisco Belmiro de França, solteiro.

8-5 Veronica Belmira de França; solteira.

6-5 Joaquina Ferreira, casada com Custodio Homem de Azeredo, foram residir em S. Bento do Sapucaí-mirim, com geração.

6-6 Euphrasia Ferreira da Cunha, casada com Manoel Machado de Camargo, de Taubaté, com geração.

6-7 Ignez Pinheiro de Rezende, casada com Francisco Alves de Toledo, com geração.

Pág. 214

6-8 José Bento Ferreira, foi o juiz de Paz que no ano de 1842 aclamou em Taubaté o brigadeiro Raphael Tobias presidente revolucionário da Província de S. Paulo, pelo que foi pelo barão de Caxias mandado recolher à capital, onde teve a cidade por menagem; faleceu solteiro, tendo reconhecido alguns filhos naturais.

6-9 Clara Ferreira de Rezende, solteira.

6-10 Escholastica da Cunha e Sousa, solteira.

Pág. 57 - o n.º 8-1 Coronel Antonio Raposo de Almeida teve: 9-1 Maria Ignacia de Noronha Raposo

9-2 Francisco Manoel Raposo de Almeida, bacharel em direito, advogado em Santos.

9-3 Antonio Raposo de Almeida Filho

9-4 Jenny de Noronha Raposo.

9-5 Elvira de Noronha Raposo Pinto, casada com Americo do Amaral Pinto, V. 1.º pág. 481.

9-6 Etelvina de Noronha Raposo

9-7 Oswaldo Raposo de Almeida

9-8 Guilherme Raposo de Almeida

9-9 Manoel Raposo de Almeida

Pág. 318 - o n.º 6-6 Rosa Maria da Costa foi f.ª de Manoel da Costa Guimarães e de Maria José, em 1775 em Jundiaí.

Pág. 328 - o n.º 2-2 do § 6.º é Maria da Victoria, casada com Bernardo da Motta, natural da Bahia; faleceu com testamento em 1657 em S. Paulo e seu marido em 1646. Teve 11 f.ºs, dos quais eram vivos em 1657:

3-1 Gervasio da Motta da Victoria, casado com Maria Bueno, com geração no V. 1.º pág. 422.

3-2 José da Victoria casou com Maria da Silva, f.ª de Alonso Peres Calhamares e de Maria da Silva. V. 1.º pág. 12.

3-3 Roque da Victoria

3-4 Manoel da Victoria

3-5 Maria da Luz casou em 1641 em S. Paulo com Estevam Furquim, com geração no V. 6.º pág. 250.

3-6 Sebastiana de Victoria, casada com João Gomes de Escobar, com geração entre outros:

4-1 Manoel Gomes de Escobar, casado 1.º com Maria Falcão e 2.ª vez com Maria Leme do Prado. V. 2.º pág. 211.

4-2 Antonio Gomes de Escobar, que foi casado com Anna Diniz. V. 7.º pág. 251.

3-7 Catharina Antunes casou em 1658 com Pedro Collaço Delgado, V. 8.º pág. 517.
Pág. 215
3-8 Anna Antunes casou com Balthazar da Conta, V. 8.º pág. 519. Pág. 348 - o n.º 5-5 Capitão Carlos Ernesto teve mais: 6-2 Capitão Martim Ernesto de França Leite, residente na Franca, onde casou com Tertulina de França Leite e tem: 7-1 Maria das Dores

7-2 Ernestina

Pág. 349 - o n.º 7-5 dr. Lamartine Hugo Ferreira Alves tem: 8-1 Euridice

8-2 Odette

Pág. 473 - o n.º 2-9 José Fagundes Rabello casou 2.ª vez em 1747 em Baependi com Anna Nunes de Castilho, f.ª de Francisco Jorge Nunes e de Maria Vieira das Neves.

Pág. 492 - depois de 6-6 acrescente-se:

6-7 Pedro de Carvalho Lisboa, em 1776 em Atibaia, casou 1.º com Josepha Rodrigues da Cunha e 2.ª vez com Violante Pinheiro, sem geração.

6-8 Roberto de Carvalho Lisboa, casado.

6-9 Izidora de Carvalho Lisboa foi casada.

Pág. 506 - o n.º 10-6, Zillah é f.ª de Joaquim Bernardino de Arruda e de Joaquina de Azevedo Arruda.

Pág. 507 - depois de 8-3 Antonia, acrescente-se:

8-4 Maria Felicissima de Abreu, f.ª de 7-3, nascida depois da morte de seu pai, foi casada com o capitão comendador Joaquim José Soares de Carvalho, e teve: 9-1 Capitão Joaquim Celestino de Abreu Soares, barão de Paranapanema, casou 1.º em 1841 em S. Carlos com Joaquina Angelica de Oliveira n.º 9-4 da pág. 505 do V. 8.º; 2.ª vez casou e não deixou geração; 3.ª vez casou com Maria Carolina de Toledo Soares, baronesa de Paranapanema, f.ª do major Antonio Elias de Toledo Lima e de Carolina Maria de Arruda, à pág. 154 deste. Teve:

Da 1.ª mulher:

10-1 Joaquim Celestino de Oliveira Soares, que casou 1.º com Elisa de Arruda, f.ª de Bernardino José de Arruda e de Maria Luzia Soares n.º 9-5 adiante; 2.ª vez casou com Ernestina Soares (da família Duarte, de Campinas). Teve:

Da 1.ª:

11-1 Joaquina, casada com Arthur Azurem Costa.
Pág. 216

Da 2.ª:

11-2 Olivia Soares Bicudo, casada com seu parente o dr. Raul Soares Bicudo, do V. 8.º pág. 505.

11-3 ... casada com seu primo Favorino de Abreu Soares, f.º de 9-4 adiante.

11-4 ... casada com o dr. Miller em Campinas.

11-5 Joaquim

11-6 José

10-2 Maria Felicissima de Oliveira Soares, casada com Julio Frank de Arruda, f.º de 9-5.

10-3 Presciliana de Oliveira Soares casou com seu tio dr. Antonio Galdino de Abreu Soares n.º 9-4.

10-4 Colatina Soares de Azevedo casou com Sebastião José Rodrigues de Azevedo, teve:

11-1 Francisco, solteiro.

11-2 Joaquina de Azevedo Arruda, viúva de Joaquim Bernardino de Arruda f.º de 5-4 da pág. 137 deste.

11-4 Dr. Sebastião José Rodrigues de Azevedo, solteiro.

11-5 Oscar Soares de Azevedo, solteiro.

11-6 Celestino Soares de Azevedo, solteiro, corretor em S. Paulo.

11-7 Dario Soares de Azevedo , foi casado, com geração extinta.

11-8 Maria da Gloria de Azevedo Steidel , foi casada com Victor Vergueiro Steidel, f.º de Ernesto Conrado Steidel e de Balbina Vergueiro, V. 2.º pág. 197. Teve:

12-1 Marina de Azevedo Steidel 11-9 Maria das Dores Sampaio Moreira, casada com Francisco de Sampaio Moreira, f.º do conhecido negociante Sampaio Moreira, natural de Portugal, com geração.

11-10 Annibal Soares de Azevedo, casado, sem geração.

Da 3.ª mulher teve o n.º 9-1: 10-5 Antonio Celestino Soares, bacharel em direito, advogado, casado com Carolina Teixeira das Neves, f.ª do capitalista Joaquim Teixeira das Neves, do Rio Claro. V. 2.º pág. 279.
Pág. 217
10-6 Major Claudio Celestino de Toledo Soares, fazendeiro na estação da Ressaca, casado com sua prima Carolina Amelia de Toledo Soares, f.ª do capitão Manoel Augusto de Arruda Lima, à pág. 154 deste. Tem: 11-1 Alcindo Celestino Soares

11-2 Corina de Toledo Soares

10-7 Capitão Paschoal Celestino de Toledo Soares.

10-8 Risoleta Soares casou 1.º com o dr. Francisco de Paula Cunha e 2.ª vez com o capitão Francisco de Andrade Couto, do V. 6.º pág. 195. Teve

Do 1.º marido:

11-1 Alcides Soares da Cunha

11-2 Zelia Soares da Cunha

11-3 Maria Antonietta Soares da Cunha

Do 2.º: 11-4 Olga

11-5 Adhemar

11-6 José

11-7 Celso.

10-9 Maria Angelica Soares de Toledo

10-10 Eudoxia Soares de Toledo

10-11 Amalia Soares de Toledo

9-2 Francisco Soares de Abreu, f.º de 8-4, casou 1.º com Manoela, irmã de Joaquina Angelica do n.º 9-1 retro; 2.ª vez com Rita Carolina de Andrade, com geração da 1.ª à pág. 505 do V. 8.º, e da 2.ª no V. 6.º pág. 191.

9-3 José Libanio de Abreu Soares, em 1905, foi casado com Custodia dos Santos, irmã de Joaquina Angelica do n.º 9-1, com geração à pág. 505 do V. 8.º

9-4 Dr. Antonio Galdino de Abreu Soares casou com sua sobrinha Presciliana de Oliveira Soares, f.ª de 9-1 retro e da 1.ª mulher. Teve:

10-1 Aricia Soares Joly, casada com Amador Joly, engenheiro civil, f.º de Affonso Emilio Joly. V. 1.º pág. 493.

10-2 Oclisia, solteira.

10-3 Valdomira, casada com Joaquim de Arruda, f.º de Julio Frank de Arruda.

10-4 Romilia, casada com o dr. Julio Arruda, médico, f.º de Julio Frank de Arruda.

Pág. 218

10-5 Favorino de Abreu Soares, casado com sua prima, f.ª de 10-1 de 9-1 retro.

10-6 Servilio de Abreu Soares, estudante de medicina.

9-5 Maria Luzia Soares é viúva de Bernardino José de Arruda, à pág. 137 deste.

9-6 Gertrudes Leopoldina Soares, baronesa de Atibaia, foi casada com Joaquim Antonio de Arruda, barão de Atibaia, V. 4.º pág. 148. Sem geração.

9-7 Anna Genoveva casou 1.º com A. Mendes e 2.ª vez com Antonio Manoel de Proença.

Pág. 554 - depois do § 10.º, acrescente-se: § 11.º Violante Cardoso, f.ª do Cap. 2.º, foi casada com Pedro Madeira, com geração no V. 8.º pág. 4.

Anterior - Página inicial